Professores defendem a vida e a educação e grande midia aliada a CONSED e UNDIME e ao empresariado avança sobre a educação pública

Enquanto milhões de professores, sem a demandada priorização na vacinação, continuam trabalhando cotidianamente de forma remota sem as condições necessárias de acesso à vacina já e aos meios e instrumentos que favoreçam chegar de forma plena a cada um de seus estudantes, os governos estaduais e municipais decretaram a retomada do ensino presencial em 2021 em um quadro de crescimento acelerado dos casos de contaminação e de mortes em nosso país.

A posição dos profissionais da educação em vários municípios, vem sendo apoiada pelos Conselhos de Escola, pelos Conselhos Municipais de Educação, entidades sindicais e por movimentos sociais que se articulam de forma coletiva para demandar do poder público a priorização na vacinação bem como as medidas necessárias , do ponto de vista sanitário e pedagógico, que garantam a retomada segura, para todos e cada um dos estudantes, das atividades presenciais e dos processos educativos nos espaços escolares.

Neste trágico quadro, a grande midia e aproximadamente 30 fundações empresariais – algumas das quais já vêm atuando há décadas junto a redes municipais e estaduais, no campo da formação, currículo e avaliação de estudantes e professores -, se articulam com o tema O Futuro conta com a Educação e a Educação conta com você, ignorando a luta por Vacinação Já e vacinação massiva de nosso povo.

Em parceria com o CONSED – Conselho Nacional de Secretários de Educação , UNDIME – União dos Dirigentes Municipais de Educação e mais de 30 organizações sociais, institutos e fundações que atuam na educação, dentre as quais Cenpec, Ensina Brasil, FGV, Fundação Maria Cecília Souto Vigidal, Futura, Fundação Lemann, Fundação Grupo Volkswagen, Fundação Telefonica – Vivo, Imaginable Futures, Instituto BEI, Instituto Natura, Instituto Oi Futuro, Instituto Península, Instituto Unibanco, Instituto Votorantim, Itaú Educação e Trabalho, Itaú Social, Instituto Alana, Instituto Ayrton Senna, Movimento pela Base, Nova Escola, Parceiros da Educação, Porvir e Unicef.

Leia aqui

A campanha – 4 videoclips de 30′ cada, é iniciativa da Rede globo e Fundação Roberto Marinho, e tem como objetivo incentivar o fortalecimento do vínculo com a escola, o combate à evasão escolar e o retorno seguro às aulas.

Veja o clip aqui

Segundo a matéria outra parte da campanha pretende dar apoio a professores e alunos durante as aulas remotas... quase 1.000 horas de videoaulas do ensino médio estão disponíveis para estudantes na internet desde a última segunda-feira (1º).

No mês em que completamos um ano de pandemia sob ensino remoto e atividades mitigadoras permanentes junto às escolas e comunidades, sem as necessárias ações do Ministério da Saúde para ao controle da COVID-19, na perversa mensagem empresarial veiculada, “a ideia é dizer a alunos e professores que eles não estão sozinhos, e não deixar nenhum estudante para trás”.

Esta iniciativa que aprofunda a pressão das fundações empresariais e OS sobre as redes públicas, além de intervir no caráter do trabalho educativo e nos projetos politico pedagógicos de cada escola, ignora a luta dos professores nas redes estaduais e municipais e dos seus estudantes , que navegam contra a maré dada a historica ausência das condições necessárias – acesso gratuito a internet, banda larga, tablets e outros instrumentos – que garantam a igualdade nos processos educativos para todos e cada um dos estudantes no quadro atual da pandemia.

Nossos comentários no próximo post.

Esse post foi publicado em Assuntos Gerais. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Professores defendem a vida e a educação e grande midia aliada a CONSED e UNDIME e ao empresariado avança sobre a educação pública

  1. FRANCISCA PASSOS disse:

    Lamentavel!
    Vida de professores e professoras importam!
    Portanto, coloquem estes profissionais como prioridade para vacinação!
    Reconhecemos os grandes prejuízos educacionais dos estudantes, mas a responsabilidade nao é dos docentes. Sim de um país desgovernado, sem planejamento, sem liderança! Tristeee!

    Curtir

  2. Ana Rosa Peixoto de Brito disse:

    PARABÉNS Bravissima Helena. Você sempre contruindo de forma competente com nossas reflexões.

    Curtir

  3. Márcia Maria de Oliveira Melo disse:

    Enquanto o vírus da Covid recente atinge a humanidade, uma dada ideologia empresarial continua solta e às avessas, vai fabricando os seus conceitos, difundido-os “ em prol da humanidade” junto aos que fazem a educação. É de se lamentar tamanha intervenção paralela… que requer um trabalho intensivo da sociedade, dos que fazem a educação pública no batente das escolas e da universidade e em outros setores educacionais e políticos, em desmistificar essa concepção de “educação progressista empresarial” que há muito, deixa de lado, tantas lacunas que se forem preenchidas por dentro pode quebrar o seu discurso , conforme Marilena Chaui. Nesse sentido, além da da nossa luta diária, enquanto profissional de ensino no plano científico -cultural (do que existe de mais contemporâneo no universo das ciências e das humanidades”, educar também na troca coletiva e democrática, de modo a desvendar as lacunas existentes na realidade.

    Curtir

Deixe uma resposta para Márcia Maria de Oliveira Melo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s